sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

COMO LIDAR COM FILHOS VADIOS E FOLGADOS

-->
COMO LIDAR COM FILHOS VADIOS E FOLGADOS
Chorei de rir...mas infelizmente eu não achei a autoria!
 

-->
Se você pena da desgraça de ter um filho barbado e à toa, que ainda vive e perambula pela casa abrindo a geladeira lhe pedindo grana para sair com os amigos, aqui vão algumas sugestões para que ele, rapidinho, vá procurar o próprio canto.

1-  Armadilhas
Seguramente o "Boneco" em questão chega em casa todos os dias muito tarde, quase de madrugada, as vezes "bebaço" e para tratar de passar desapercebido não acende as luzes. Mude os móveis de lugar e deixe coisas no chão para que tropece. Ponha o cão para dormir no meio do corredor ou um balde de água sobre a porta. Ah, um arame amarrado no portão... seja criativo, pense.

2- Estratégia Familiar
Avise ao resto da família para que quando venham de visita tratem o "vadio" como um bebê. Que o agarrem as buchechas e lhe digam?
- "Que gordinho está o lindinho da titia!"
- "Como cresceu o meu nenê!"
- "Vem aqui fazer upa-upa no colo do padrinho."


3 - Ordens humilhantes
Na hora do café mande o vagabundo duas vezes na padaria, uma vez para comprar pão e outra vez para comprar leite, sempre com moedas contadas. Ordene-lhe que vá à casa de algum vizinho para dar uma mensagem do tipo:
- "Dona Josefa, mamãe perguntou se a Senhora pode emprestar a bombinha de lavagem intíma?"

4 - Molestamento básico
Não deixe que o espertinho durma mais de cinco horas por dia. Para isso passe o aspirador no quarto dele às 7 da manhã com o rádio ligado a todo volume. Após o almoço convide as amigas para fofocar e provoque o cachorro para que ladre, martele a parede do seu quarto...

5 - Incomodação habitacional
Utilize o quarto do preguiçoso como se ele não vivesse aí. Guarde ali o cortador de grama, a bicicleta, a pá, a gaiola do periquito e se possível construa uma churrasqueira bem próxima a janela do quarto.

6 - Compromisso e sentimentos
    Se o indolente trouxer alguma namorada para casa, receba-a sempre com muito carinho e atenção. Trate que ele fique junto dela com frases como:
- "Lindinho disse-me que quer casar com você!"
- "Lindinho contou-nos que pensam em ter muitos filhos."
- "Lindinho não pára de comentar que com você é para sempre."

Um comentário:

Maria Clara Martins disse...

Fantástico. Entendi. É só incomodar o folgado provocando atitude.